Editorial


Saiba que o Museu Municipal de Coruche (MMC), enquanto museu polinucleado e de território, disponibiliza, em tempo normal, ao longo de todo o ano um programa de atividades e exposições, temporárias e de longa duração, que pretendem aproximar as pessoas e as comunidades do seu património cultural e natural.

Acompanhe-nos ao longo de todo o ano e subscreva as nossas newsletters.

As coleções do Museu estão acessíveis neste site, no inwebonline, com objetivos de estudo, investigação ou outros.

Tiragem da Cortiça: antes e depois

No final do passado mês de abril o Núcleo Rural de Coruche fechou um ciclo com o encerramento da exposição temporária inaugural "Um Quartel de Memórias". Junho entra agora com a abertura da nova exposição temporária "Tiragem da cortiça: antes e depois".

Ler mais
Rede de Museus da Lezíria do Tejo (RMLT)

Um rio, uma rede, onze municípios    |    INSPIRANDO UM TERRITÓRIO

O dia 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, marca a fundação da RMLT – Rede de Museus da Lezíria do Tejo.

Criada pela Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT), a Rede de Museus da Lezíria do Tejo vem dar corpo à vontade dos Municípios da região de alargar o trabalho conjunto à Cultura, na esteira de outros projetos em desenvolvimento nesta área.

A RMLT apresenta-se como solução racionalizadora de recursos humanos, financeiros e espaciais, de que as redes intermunicipais são exemplo inspirador, e o seu programa estratégico passa pela concretização de um conjunto de ações, tais como: programação de atividades comuns; gestão conjunta da agenda de programação; sistema de bilhética integrado; plano de sinalética; estudo de públicos; criação de uma marca/identidade; plano de comunicação (site, folhetos, publicidade nacional e internacional, roteiro digital); visitas guiadas temáticas e formação dos profissionais.

Ler mais
Bienal de Coruche

A Bienal de Coruche desafia artistas visuais, nacionais e estrangeiros residentes em Portugal, a participar na sua décima edição, subordinada ao tema “Respirar Arte com Sustentabilidade”. Em 2021 é reforçada a articulação simbiótica entre a obra artística e o espaço envolvente. O desafio centra-se no desenvolvimento sustentável e na economia circular, reciclando-se resíduos e memórias que provoquem novas abordagens e soluções.

Ler mais