Heraldo Bento - um homem dos tempos


Esta exposição de homenagem surge no ano de 2016 de uma parceria entre o Museu Municipal/Câmara Municipal e o Núcleo de Fotografia  da Associação de Defesa do Património de Coruche, com o contributo de diversos fotógrafos locais.
Exercendo um papel de ligação entre o Museu e a comunidade, Heraldo Bento é um assíduo amigo desta casa, pertencendo àquele grupo de pessoas para quem o património e a história local fazem parte do dia-a-dia.

Heraldo Ferreira da Costa Bento nasceu, no dia 31 de julho de 1927, em Coruche. Aqui estudou, enveredando por uma vida ligada ao comércio. Primeiro como empregado em casas comerciais e depois por conta própria.
Desde cedo manifestou curiosidade, interesse e apurada sensibilidade pelo mundo que o rodeia. Através do olhar atento e do gosto pelo desenho e pintura, que sozinho procurou aperfeiçoar, é autor de inúmeros trabalhos, alguns deles incluídos neste livro, já por diversas vezes dados a conhecer ao público, nomeadamente, em 2003, no Museu Municipal de Coruche, na exposição temporária Percursos de um olhar.

Interventivo na vida cultural de Coruche, elemento fundador da Associação para o Estudo e Defesa do Património Cultural e Natural do Concelho de Coruche, nutre um especial interesse pela História da sua terra, passando à escrita acontecimentos e memórias passadas, muitas vividas na primeira pessoa. 

Obras publicadas: O rio Sorraia e Coruche (1996); Francisco de Brito Freire (2000); Um olhar sobre Coruche (2003); Francisco de Brito Freire (2016).
Artigo: O que somos? Como somos? (2014, pp. 27-29), in catálogo da exposição: Coruche: o Céu, a Terra e os Homens.



O amigo Heraldo tem esta particularidade única de reter na sua memória histórias e relatos da sua experiência de vida, transmitindo-nos de forma singular e muito real as suas vivências. Pela amizade e pelo trabalho desenvolvido deixo aqui um abraço de reconhecimento pela sua obra.
Francisco Silvestre de Oliveira
Presidente da Câmara

 

Heraldo Bento [...] é, no nosso tempo, um dos melhores intérpretes da identidade cultural de Coruche.
António Gil Malta

 

 

 

Atualizado em 07-11-2020