Dia Internacional dos Museus - 18 de maio 2020


DA MINHA JANELA - CONCURSO DE FOTOGRAFIA

A fotografia assumiu desde cedo um importante papel para a formação, salvaguarda e transmissão das memórias coletivas.

Reconhecendo essa importância, mas sabendo igualmente que, pela evolução tecnológica e universalização dos meios de registo fotográfico, a fotografia de hoje não está já apenas circunscrita ao universo dos seus profissionais, o Museu Municipal de Coruche (MMC) promove a realização do concurso de fotografia DA MINHA JANELA

A celebração do Dia Internacional dos Museus a 18 de maio, aliada ao maior  recolhimento em casa a que moralmente nos temos imposto face à situação de pandemia que globalmente atravessamos neste ano de 2020, constituem o pretexto para lançarmos este desafio a todos os coruchenses.

Fecha-se uma porta, abre-se uma janela…



Cheguem-se à janela! À janela de todos os dias... mas demoradamente. Atentem verdadeiramente nos pormenores dessa vista – tantas vezes vista. Observem com um novo olhar… à luz do património cultural – é esse o mote deste desafio!

O património cultural num entendimento alargado, na sua leitura que atualmente é feita, fruto da contínua mudança da sociedade, dos modos de vida e das nossas formas de pensar e agir.

O património cultural que nos rodeia e no qual interagimos todos os dias. O património construído, claro está! Material: imóvel ou móvel. Mas também o outro, o intangível, o que não tem forma material mas que enforma a nossa  vida em comunidade: o conhecimento e a arte; os costumes e as tradições; as práticas sociais e os rituais; as comemorações e as festividades; o cancioneiro  e a literatura oral; os processos e as técnicas tradicionais associadas ao artesanato e ao saber-fazer…

Deste concurso de fotografia resultará, pelo menos num primeiro momento, a realização de uma exposição online e as imagens vencedoras do concurso integrarão a base de dados do MMC, contribuindo assim para o enriquecimento da memória coletiva coruchense.

 

 

Dia 25 de Abril de 2020


No âmbito das Comemorações do 25 de Abril, disponibilizamos a reportagem realizada na Escola-Museu Salgueiro Maia, pelo jornalista Rui Gomes.



Com a participação especial de Florindo Brites, amigo de infância de Fernando Salgueiro Maia.

 

 

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios - 18 de abril 2020


No âmbito das comemorações do dia 18 de abril, este ano subordinado ao tema "Património Partilhado - Culturas partilhadas, património partilhado, responsabilidade partilhada", elegemos dois sítios bem importantes do nosso concelho, registados na Carta de Portugal de Fernando Álvaro Seco (1561), conforme "Vamos Explorar" na exposição Coruche: o Céu, a Terra e os Homens.


1. Descubra quais são esses sítios/localidades e qual o curso de água que então os banhava.
2. Descubra como se escrevia o nome da localidade a montante de Coruche, cuja ribeira tem o mesmo nome.
3. Descubra qual dos dois cursos de água, existentes frente à vila de Coruche, era provido de ponte. Uma ponte de madeira semelhante à que vemos nas fotos...
4. Descubra a razão de ser do topónimo Monte da Barca. Por que se chamou assim?
Agora, propomos às famílias que, com base nestes conteúdos construam o jogo "Quantos queres?" ... Terão de fazer 8 perguntas para 8 respostas!

A biblioteca online está ao vosso dispor. Se vos surgir alguma dúvida, contactem a equipa do Museu Municipal de Coruche.

Divirtam-se!

Atualizado em 20-05-2020